Este site é resultado de projeto PIBITI - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (CNPq), realizado na Universidade Regional de Blumenau pelo NET - Núcleo de Estudos da Tecnociência.

Busca desenvolver uma ferramenta para combater desinformação em situações de desastres naturais comuns no Vale do Itajaí, como enchentes e deslizamentos de terra. Para isso, fornece uma plataforma computacional para obtenção, análise e armazenamento de imagens obtidas de fontes oficiais e encaminhadas por usuários.

É baseado no uso de tecnologias de Inteligência Artificial e Deep Learning para classificação de imagens, a partir de soluções como Google AutoML.


Quem Somos

O Núcleo de Estudos da Tecnociência é um grupo de pesquisa multidisciplinar que busca intervir na sociedade, por meio da análise crítica da ciência, tecnologia e inovação. Em particular, busca compreender os efeitos da dissolução de redes sociotécnicas ocasionadas pelos desastres naturais.

[Site oficial]


Maiko Rafael Spiess (Coordenador do Projeto)

É formado em Ciências Sociais pela Universidade Regional de Blumenau, mestre e doutor em Política Científica e Tecnológica pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Realizou estágio como pesquisador visitante (doutorado sanduíche) no Department of the History of Science, Harvard University.

Atualmente é professor efetivo no Departamento de Ciências Sociais e Filosofia, na Universidade Regional de Blumenau e membro coordenador do Núcleo de Estudos da Tecnociência (FURB). Suas áreas de interesse incluem: Sociologia do Conhecimento, Sociologia da Ciência e Tecnologia, Política de C&T, Políticas Públicas, Desenvolvimento Regional, Desastres e Alimentação nas sociedades contemporâneas.

[Currículo Lattes]



Ricardo Berri Mees (bolsista de iniciação tecnológica)

Estudante de Engenharia Mecânica da Universidade Regional de Blumenau (FURB-2018). Concluiu o Ensino Médio no Colégio Cenecista Nossa Senhora de Fátima. Cursou Inglês durante seis anos na escola de cursos e idiomas InterUp. Cursou AutoCad durante um ano na escola de cursos e idiomas InterUp. Cursou Mecânica Automotiva durante seis meses na Unialcance. Ingressou na ordem DeMolay, a maior organização juvenil do mundo, de fins filosóficos e filantrópicos, onde teve a oportunidade de participar e organizar trabalhos de relevância social

[Currículo Lattes]




Este projeto foi realizado com apoio financeiro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Universidade Regional de Blumenau.

© 2019